sexta-feira, 2 de março de 2012

Eliana Calmon visita TJSP e é recebida pelo Conselho Superior da Magistratura

O Conselho Superior da Magistratura, presidido pelo desembargador Ivan Sartori e composto pelo vice-presidente José Gaspar Gonzaga Franceschini, pelo corregedor-geral da Justiça, José Renato Nalini, pelos presidentes das Seções, Antonio Carlos Tristão Ribeiro (Direito Criminal), Antonio José Silveira Paulilo (Direito Privado) e Samuel
Alves de Melo Júnior (Direito Público) recebeu hoje (2) a visita da corregedora-geral do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministra Eliana Calmon. Também participou do encontro a diretora-adjunta da Ordem dos Advogados do Brasil Talullah kobayashi de Andrade Carvalho.
        Além de retribuir a visita feita pelo presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, em janeiro, a ministra veio também, a convite do presidente Ivan Sartori, tratar de assuntos de trabalho, especialmente a questão do pagamento de precatórios por parte do Tribunal paulista.
        Ivan Sartori revelou que o Tribunal de Justiça enfrenta problemas estruturais para administrar o grande volume de precatórios recebidos por conta da EC 62/09. Por isso, solicitou ao CNJ o apoio em soluções que impliquem em rapidez de pagamentos. A ministra veio hoje e uma equipe do CNJ virá na próxima semana para, em conjunto com os técnicos de São Paulo, procurarem soluções para a falta de estrutura e a grande demanda trazendo para o TJSP a experiência adquirida em outros Estados por onde o CNJ passou. “Isso pode nos ajudar a desatar alguns nós existentes”, disse o presidente.
        Após a visita formal, a corregedora nacional de Justiça Eliana Calmon foi até a Presidência de Direito Público para acompanhar a exposição da situação dos precatórios em São Paulo feita pelo coordenador do Departamento de Precatórios do TJSP, desembargador Venicio Antonio Paula de Salles.
        Eliana Calmon também se reuniu com os juízes da Corregedoria-Geral da Justiça, no gabinete do corregedor-geral José Renato Nalini. Além de conversar com os magistrados, a ministra deixou uma mensagem no livro que registra as visitas ilustres da corregedoria.   

        Fonte: Comunicação Social TJSP – RP (texto) / AC (fotos)

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu comentário sobre esta publicação.

You Tube

Loading...