terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Evento Lei Anticorrupção: Novas Regras e Desafios ao Compliance Empresarial

O evento "Lei Anticorrupção" - Novas regras e desafios ao compliance empresarial tem apoio institucional  do site do direito e desconto de 10% para você no ato da inscrição. Não fique fora deste importante evento de atualização profissional.

Evento

Prepare-se para se adaptar à nova lei anticorrupção que pune empresas envolvidas em corrupção – e não só os donos e sócios.
Saiba como pessoas jurídicas poderão ser responsabilizadas por atitudes dos funcionários e dos fornecedores que prejudiquem a administração pública.
Quais serão as regras para que as companhias possam criar uma área interna que previna esse tipo de ato? Como era antes? O que muda? Quais são as penas previstas na lei?
Essas e outras questões serão esclarecidas nesse evento.
Previna multas de até R$ 60 milhões – ou 20% do faturamento bruto
Vagas Limitadas. Inscrições: (11) 2364-0007

Objetivo

• Discutir com os órgãos governamentais envolvidos e esclarecer suas dúvidas quanto à regulamentação e aplicação da Lei Anticorrupção;
• Conhecer casos práticos e aprimorar o sistema de compliance e due diligence da sua empresa com base na nova regulamentação;
Esse evento preparará sua empresa para prevenção e adaptação da Nova Lei Anticorrupção (12.846/13), que prevê, para empresas flagradas em atos de corrupção e em fraudes, multas de até 20% do faturamento bruto ou R$ 60 milhões, perda de bens, suspensão de atividades, proibição de acesso a incentivos públicos e até a dissolução da Pessoa Jurídica.
Para serem condenados, não é necessário que os executivos, acionistas ou cotistas tenham ciência do malfeito: basta que um funcionário cometa o crime.
A lei vale para todos os tipos de empresas, fundações e associações e muda o foco do combate à corrupção, mirando agora também no corruptor. A nova norma prevê atenuação da sanção para quem investir em mecanismos de prevenção e benefícios para empresas envolvidas que assinarem acordos de leniência e colaborarem com as investigações.
Participe deste importante encontro que reunirá os principais envolvidos no tema.
Aproveite esse momento estratégico para avaliar como reduzir riscos e agir com mais segurança.
Saiba como adotar sistemas de compliance adequados e evitar altas condenações.

Público Alvo

Gerentes, Responsáveis, Especialistas e Diretores das seguintes áreas:
• Auditoria
• Governança
• Riscos
• Compliance / Regional Compliance Officer (RCO)
• Processos
• Controles internos
• Prevenção de fraudes
• Finanças corporativas
• Departamentos jurídicos e de contratos
• Licitações e relações governamentais

Palestrantes

ANTÔNIO CARLOS FONSECA DA SILVA - MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL
PhD em Direito - Univ. de Londres (Queen Mary & Westfield College); Mestre em Direito e Estado – Univ. de Brasília; especialista em Planejamento do Ensino Superior - CEUB; Graduado em Direito - Faculdade de Direito de Maceió; Professor universitário, tendo lecionado Direito Econômico na UnB, AEUDF e IESB, orientado dissertações e participado da publicação de 3 livros. É o atual coordenador da 3ª Câmara de Coordenação e Revisão (Consumidor e Ordem Econômica). Ingressou no MPF em outubro de 1984, nomeado Procurador Regional da República em 21/05/1993, no cargo de Procurador da República Nomeado Subprocurador-Geral da República em 22/06/2004.
BRUNO CARNEIRO MAEDA - TRENCH ROSSI E WATANABE ADVOGADOS
Sócio do escritório Trench, Rossi e Watanabe Advogados. Coordenador da Comissão Anticorrupção e Compliance do Instituto Brasileiro de Direito Empresarial (IBRADEMP). Formado pela Faculdade de Direito na Universidade de São Paulo. Mestre em Direito pela London School of Economics and Political Science. Mestre em Direito pela Universidade de São Paulo.
CARLA RAHAL BENEDETTI - CARLA RAHAL ADVOGADOS ASSOCIADOS
Mestre e doutora em Direito Penal pela PUC/SP; especialista em Crimes Eletrônicos e Crimes Econômicos pela UCLM – Toledo, Espanha; Diretora de Relações Institucionais do Instituto dos Advogados de São Paulo – IASP – 2013-2015; Presidente da Comissão de Estudos Permanentes de Criminal Compliance do IASP - CEPCC; - Julgadora da 2ª Turma do Setor de Prerrogativas da OAB/SP;- Professora convidada de Direito Penal e Processo Penal da EPD- Escola Paulista de Direito; Professora convidada do COGEAE-PUC/SP; Membro fundador do grupo de trabalho dos Crimes de Alta Tecnologia da FIESP-GT-CAT.
CARLOS FERNANDO CABRERA - BANCO BRADESCO
Graduado em Engenharia Civil e Administração, com pós-graduação em Finanças e MBA em Gestão Empresarial. Sólida experiência em Gestão e Auditoria Administrativa e Financeira, Controles, Desenho de Processos e Atividades de Gerenciamento de Riscos Corporativos em empresas como Bancos Itaú, Unibanco, BMC E BRADESCO. Ampla experiência financeira na gestão de controles de negócios, Controles Internos, Compliance, Planejamento estratégico de auditoria e atividades de prevenção antifraude. Coordenador e responsável pela Certificação SOX 404.
CARLOS HENRIQUE DA SILVA AYRES - TRENCH ROSSI E WATANABE ADVOGADOS
Coordenador da Comissão Anticorrupção e Compliance do Instituto Brasileiro de Direito Empresarial (IBRADEMP), Professor Visitante do Curso de pós-graduação lato sensu em Direito Penal Econômico da Fundação Getulio Vargas e Advogado do Escritório Trench, Rossi e Watanabe Advogados. Bacharel em Direito pela PUC-SP, Mestre em Direito Comparado pela University of Florida e Especialista em Direito Tributário pela Fundação Getulio Vargas.
DENIS JACOB - BECTON DICKINSON
Denis é graduado em Administração de Empresas pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, Pós-Graduado em Gestão de Negócios pela Fundação Getúlio Vargas e MBA pela Fundação Getúlio Vargas. Ocupa atualmente a posição de Gerente Senior de Commercial Assurance na Becton Dickinson. Atuou também na Covidien como gerente de Compliance para a América do Sul e na Deloitte como Auditor Sênior
EDMO NEVES
Edmo Colnaghi Neves é advogado de empresas há 27 anos. Mestre e Doutor em Direito do Estado na PUC de São Paulo. Atuou nos últimos 15 anos como Gerente e Diretor das multinacionais BellSouth/BCP Telecomunicações(atualClaro), Wyethwhitehall (incorporada pela Pfizer) e ABB Asea Brown Boveri, nas áreas Jurídicas e de Compliance, no Brasil e demais países da América Latina. Foi também Professor de Direito da UNIP, FMU e PUC.
FERNANDO FLEIDER - ICTS
Engenheiro Industrial e administrador pela Technion Institute of Technology em Israel com MBA em Varejo pelo COPPEAD – UFRJ e especialização em Gerenciamento de Projetos pela FGV-SP. Na ICTS desde 1996 atuou em projetos de gestão e prevenção de riscos, reforço ético e prevenção de perdas nas indústrias de telecomunicações, consumo, varejo e recursos naturais. Conduziu projetos na América Latina, Europa, Ásia e EUA. Atualmente é Sócio-Diretor da ICTS.
FERNANDO MAESTRELLO CALEIRO PALMA
Fernando possui 20 anos de experiência na área Jurídica, sendo os últimos 8 deles voltados exclusivamente para a área de Compliance, implementando, tanto no Brasil como nos Estados Unidos, programas robustos de compliance em multinacionais como Walmart, Archer Daniels Midland (ADM) e Striker Corporation. Palma é advogado, pós-graduado em Processo Civil pela PUC/SP e desde 2011 é detentor do título internacional CCEP – Certified Compliance and Ethics Professional. É Professor de Compliance do curso de Pós-Graduação de Gestão de Riscos e Prevenção à Fraude da FIA, colunista da Revista LEC – Legal, Ethics & Compliance, além de Membro do Conselho de Compliance do IASP - Instituto dos Advogados de São Paulo.
GUSTAVO LUCENA - DELOITTE
Diretor do Risk Advisory da Deloitte dedicado aos serviços de Governança e Gestão de Compliance há mais de 17 anos. Formado em Ciências Econômicas, MBA Banking e MBA Marketing. Um dos fundadores do Instituto de Compliance e Integridade Corporativa (ICIC) e membro do Comitê de Compliance da ABBI e atuante no mercado financeiro já há 20 anos. Membro efetivo da Comissão de Governança Corporativa para Instituições Financeiras do IBGC e da Comissão de Governança e Compliance da ABBC. Professor da pós-graduação da FIA do curso “Análise, Prevenção, Detecção e Riscos de Fraudes Empresarias”.
LUIS CLÁUDIO ROSSI - BANCO FICSA
Diretor de Riscos, Controles, Fraudes e Compliance no Banco Ficsa S.A. Graduado em Economia e pós-graduado: em Ciências da Computação pelo ITA, em E-Business pelo INSPER, em Produtos e Serviços Financeiros e E-Management pela FGV. Professor em Pós-Graduação. Há 20 anos em instituições financeiras, indústrias e consultorias de negócios e de TI, nas áreas de Controles Internos e Compliance, Auditoria, Gestão de Riscos, Segurança da Informação, Tecnologia da Informação e Governança Corporativa (Business e TI).
SERGIO SEABRA - CONTROLADORIA GERAL DA UNIÃO (CGU)
Secretario de Transparência e Prevenção da Corrupção, CONTROLADORIA GERAL DA UNIÃO (CGU)

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu comentário sobre esta publicação.

You Tube

Loading...